A UESB inicia pesquisa em Bom Jesus da Serra

Categoria: Notícias
(Bete, Leila, Karla Pithon, Thaís Brito e Fernanda Giannasi. Foto: Bira/Coperphoto)

Mais uma conquista da AVICAFE em defesa  da saúde dos ex-trabalhadores  e os expostos ao amianto em  parceria com a UESB - Campus Jequié, MPF, MPT e o total apoio  da ABREA , que possibilitou a ida de três professores da faculdade de fisioterapia da UESB, para um curso de capacitação no INCOR/USP em São Paulo .  As professoras Karla Pithon, Thaís Brito e Leila Graziele partiram de Jequié e foram buscar conhecimento junto a renomados professores da USP, na aplicação de exames de função pulmonar simples, com o uso de broncodilatador,  de exame completo por pletismografia e de critérios  e cuidados na realização de exames.

Em São Paulo, participaram de uma reunião técnica com Fernanda Giannasi/ABREA e Bete Medina/FUNDACENTRO, especialista em espiromertria e, de uma reunião clínica com o grupo de Doenças  Respiratórias e Ocupacionais à convite de Dr. Ubiratan de Paula Santos, pneumologista catedrático do sistema INCOR/USP, e pesquisador das Doenças Relacionadas ao Amianto – DRAs.

Coordenado pelo professor Cleber, este grupo iniciou um trabalho de pesquisa e investigação na população exposta  da antiga Mina de São Félix em Bom Jesus da Serra, local que na década de 30 abrigou a primeira mina de exploração comercial de amianto no Brasil.

A  mineradora SAMA, do grupo Saint Gobain expolorou o nosso mineral, a força do trabalhador braçal, e a inocência, de seus colaboradores, que ali trabalhavam sem a mínima informação dos males que o amianto provocava no  organismo humano. Passados 83 anos, seus rastros de destruição ambiental continuam contaminando gerações.   

Essa parceria entre MPF, MPT, ABREA e AVICAFE proporcionou na aquisição de um conjunto de equipamento de espirometria que foi doado para a UESB, que usará para a avaliação do nosso povo. Na foto Esmeraldo Teixeira (Nêgo), faz entrega simbólica ao professor Cleber, coordenador do grupo de pesquisa.  Os companheiros Janio Rocha, Gunter e Selma Macedo,  professores e alunos da Faculdade de Fisioterapia da UESB, campus de Jequié acompanharam com entusiasmo.

Acessos: 112